sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Então guardarei só para mim.

É porque existe coisas nesse mundo, coisas incríveis e importantes que não conseguimos contar, não conseguimos demonstrar com as palavras, mesmo se nos esforçamos muito, e tentarmos, tentarmos ... É como se fosse um segredo, guardado apenas dentro de você, sem poder dizer a ninguém o que é, mas não, não é segredo algum, você apenas não consegue contar, não consegue sequer dizer uma só palavras, e quando acha que está quase lá, conseguindo dizer alguma coisa, a pessoa não entendeu uma só palavras do que você disse. É, o que estou tentando dizer agora, acho que talvez essas coisas não tem mesmo que ser com partilhadas com ninguém, somente com você mesma. Sei, porque já tentei de todas as formas dizer pra metade do mundo essa felicidade, essa paz que tenho carregado comigo por esses tempos, mas agora, já parei de tentar, e se algum dia vocês quiserem mesmo saber, que acabam descobrindo por vontade própria.

Marcela Polis
© adorável psicose
Maira Gall