terça-feira, 31 de maio de 2011

“Cuide tudo que for verdadeiro, deixe tudo que não for passar.”



“Então a gente dá risada. Você me faz rir. Você me faz feliz. Me faz voltar a ser criança. Porque crianças são inocentes. Crianças amam sem culpa. O nosso amor é exatamente isso. Exatamente assim: uma brincadeira de gente grande.”

Tati Bernardi

—Mas a verdade é que eu odeio o equilíbrio. Porra, se eu tô puta, eu tô puta! Se eu tô com ciúme, não vou sorrir amarelo e mostrar controle porque preciso parecer forte e bem resolvida.



Felicidade realista
A princípio bastaria ter saúde , dinheiro e amor , o que já é um pacote louvável , mas nossos desejos são ainda mais complexos . Não basta que a gente esteja sem febre: queremos , além de saúde , ser magérrimos , sarados , irresistíveis . Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel , a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas . E quanto ao amor? Ah , o amor…não basta termos alguém com quem podemos conversar , dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando . Isso é pensar pequeno: queremos AMOR , todinho maiúsculo . Queremos estar visceralmente apaixonados , queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados , queremos jantar a luz de velas de segunda a domingo , queremos sexo selvagem e diário , queremos ser felizes assim e não de outro jeito . É o que dá ver tanta televisão…Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista . Ter um parceiro constante pode ou não , ser sinônimo de felicidade . Você pode ser feliz solteiro , feliz com uns romances ocasionais , feliz com um parceiro , feliz sem nenhum…Não existe amor minúsculo , principalmente quando se trata de amor próprio . Dinheiro é uma benção . Quem tem , precisa aproveitá-lo , gastá-lo , usufruí-lo . Não perder tempo juntando , juntando , juntando . Apenas o suficiente para se sentir seguro , mas não aprisionado . E se a gente tem pouco , é com este pouco que vai tentar segurar a onda , buscando coisas que saiam de graça , como um pouco de humor , um pouco de fé e um pouco de criatividade . Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável . Fazer exercícios sem almejar passarelas , trabalhar sem almejar o estrelato , amar sem almejar o eterno . Olhe para o relógio: hora de acordar É importante pensar-se ao extremo , buscar lá dentro o que nos mobiliza , instiga e conduz , mas sem exigir-se desumanamente…A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio . Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade . Se a meta está alta demais , reduza-a . Se você não está de acordo com as regras , demita-se . Invente seu próprio jogo . Faça o que for necessário para ser feliz . Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples , você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade . Ela transmite paz e não sentimentos fortes , que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração . Isso pode ser alegria , paixão , entusiasmo , mas não felicidade . (Mário Quintana )

Basta olhar bem no fundo dos meus olhos, pra ver que já não sou como era antes. 
Jota Quest

Ser forte é ouvir algo que te destrói por dentro, e ainda assim sorrir.

 “Aos poucos a gente vai mudando o foco. E o lugar nem te acrescenta mais, você começa a precisar de outros lugares. E de outras pessoas. E de bebidas mais fortes. Nem pensa. Vai indo junto com as coisas.” (Caio F.)

“Eu sofro sendo assim, eu sofro porque, quando você acha mais da metade do mundo babaca, você passa muito tempo sozinho.”

Procure achar um motivo para sorrir, mesmo que o mundo queira te derrubar.
                           Marina Baggio

Vou rir bastante, manter um ar distante e esquecer quanto tempo faz.
(Martha Medeiros)

 
“Quando me perguntarem do que eu mais gostei, vou dizer que foi de você.”

Esse mundo é um saco de fingimento.
Projota

“Em nossas loucas tentativas, renunciamos ao que somos pelo que esperamos ser.”

“Esse é o maior problema dos desejos, eles não aceitam não como resposta. Você só coloca um ponto final nele se for até o fim. Para matar um desejo é preciso viver, nem que depois você morra junto com ele.” CFA

Quando penso desse jeito, enumero proposições como: a ser uma pessoa menos banal, a ser mais forte, mais seguro, mais sereno, mais feliz, a navegar com um mínimo de dor. Essas coisas todas que decidimos fazer ou nos tornar quando algo que supúnhamos grande acaba, e não há nada a ser feito a não ser continuar vivendo.
(Caio Fernando Abreu)

“Precisava fazer uma escolha, e me escolhi.”

A gente passa a vida toda achando que é imortal. Caio Fernando Abreu

“Tem que sofrer muito minha filha, tem que ser largada por um milhão de homens e vê se aprende que amor não se implora.” Tati B.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

“Não venha roubar minha solidão, se não tiver algo mais valioso para oferecer em troca.” 


Nietzsche

“Primeira estrela que vejo, lembrei, realiza o meu desejo. Pedi sete vezes em voz alta, não havia ninguém por perto para olhar e talvez rir. Força e fé, que tinha perdido, eu pedi.”


Caio F.

Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.”

Clarice Lispector

“Ah, então foi pra ele que eu dei meu coração e tanto sofri? Amor é falta de QI, tenho cada vez mais certeza.”
CFA

“Eu não nasci para viver neste tempo, sensível demais.”

Para aqueles que assim como eu ama o frio! *-*

Que voz é essa que te acalma num momento angustiante? Forfun.

Mas agora tá tudo bem. Aprendi que quanto mais superficialmente você costura uma relação, menos chance há de se afogar. Navegar é preciso, o negócio é não faltar nas aulas sobre como boiar em águas nem doces nem salgadas. Hoje posso dizer convicta que prefiro o clarão das aparências que a penumbra de mergulhar fundo, sem saber como respirar abaixo do chão. Agora, como boa marinheira de incontáveis viagens, finalmente sei como desatar nós.

Os verdadeiros são poucos, mas são o suficiente pra mim.

Tem horas que eu me perco sem você aqui, aí eu lembro: Tá tão longe de mim. E aí meu coração grita: Mas tá aqui dentro. Caio F.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Será que as pessoas mudam de comportamento porque se sentem seguras do afeto que o outro sente?

Me dói ter passado tanto tempo atento a ele — quando ele nunca ficou atento a mim.

Daqui a 50 anos eu ainda vou saber seu nome e vou me lembrar de todas as vezes que você me fez sorrir. Na minha memória, tão congestionada - e no meu coração - tão cheio de marcas e poços - você ocupa um dos lugares mais bonitos.

Lutar em segredo, fechado no quarto, sem que ninguém saiba. Para os outros, mostrar só o melhor de si, a face mais luminosa.

Que fique o bom, o belo.

© adorável psicose
Maira Gall