segunda-feira, 2 de julho de 2012


Ria pra mim, ria de mim, ria comigo. Das minhas piadas, do meu jeito, dos meus defeitos. Ria do que quiser, mas sempre me dê um sorriso. Querido John.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall