segunda-feira, 2 de julho de 2012


Um morre de amor. O outro morre de rir.
— Mariana Andrade 

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall