terça-feira, 14 de agosto de 2012

Não me diga que mudei, apesar de realmente nao ser mais a mesma,mas não me peça pra ser quem eu era a um tempo atrás. Não somos mais crianças, você mudou e eu mudei. Paramos no tempo, nos distanciamos. Admita. Vivemos em mundos diferentes agora, estamos vivenciando coisas diferentes.Entendo tuas prioridades além da nossa amizade, entendo sua vida,seu jogo, só não me julgue por algo que nunca passou e não saberia como lidar. Não, não me importo com o que pensam de mim, não mudei ao ponto de achar que não teria mais você pra sempre ao meu lado, não sou tão diferente daquela menina que te dizia que amizades são pra sempre, não,não me diga por meias palavras, que sou uma completa estranha.
-Tainã G.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall