quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Qual mulher bonita que não sorri a um elogio espontâneo e a um grito ingênuo de admiração? Se não sorri nos lábios, sorri no coração.
Lucíola, José de Alencar

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall