terça-feira, 19 de fevereiro de 2013


Quero fazer a diferença. Algo que preste. Algo que mude. Algo que transforme. Algo que acrescente. Algo que traga luz. Algo que dê aconchego. Algo que refresque. Algo que anime. Algo que emocione. Algo que dê esperança. Algo que acalente. Algo que faça dançar. Algo que alimente. Algo que faça sentir. Algo que faça cantar. Algo que faça esquecer. Algo que faça rir. Algo que seja uma saída, um abrigo, um abraço. Algo que não te faça enlouquecer. É isso que quero: fazer com que você se sinta bem, em casa, longe de maldade, loucura e tristeza. Quero fazer isso por você e por mim. Porque é tentando fazer algo de bom para os outros que fazemos o bem para nós mesmos.
(Clarissa Corrêa)

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall