quinta-feira, 11 de abril de 2013

“Em tempos que ninguém tem mais tempo, que nada interessa, que nada se percebe e pouco se importa, agradeço aqueles que ainda percebem nossas dúvidas, suspeitas, sentimentos, estares, e ainda gastam um momento com a gente. É bom saber que existem aqueles que ainda insistem apesar de um “estou bem”.”

— Sean Wilhelm.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall