terça-feira, 2 de abril de 2013

“Eu meio que estipulei uma espécie de prazo, sabe? Mas aí, no meio do meu plano, outro alguém se meteu, e uma outra coisa aconteceu. Eu apenas segui em frente, quem pode me culpar? As pessoas agem desse modo o tempo todo.”

— Gabito Nunes.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall