terça-feira, 2 de abril de 2013

“Isso acontece com todos os contos de fadas. Acabam. E, geral, com uma frase no mínimo fantasiosa, para não dizer mentirosa em grande parte dos casos: ‘E viveram felizes para sempre’. O que vai ser dessa história aqui fora não é da conta de ninguém. Mesmo porque vocês não sabem nem podem saber, é cedo e inútil ficar imaginando se há amor depois de um tempo.”

— Pedro Bial.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall