segunda-feira, 15 de abril de 2013


"Não tem poesia, nem palavra difícil e nem construção sofisticada. O amor é simples como sorrir numa droga de fila. E não se sentir mais sozinho e nem esperando e nem desesperado e nem morrendo e nem com tanto medo."

Tati Bernardi.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall