quarta-feira, 29 de maio de 2013


"Ela gosta de Phil Collins, faz psicologia pelo mesmo motivo que leva 99% das estudantes da área a ingressar na tal ciência: queria antes se entender. Eu brinco sardonicamente, tentando imaginar onde se enfiarão seus pacientes já que ela se refugia dos problemas em cafés, às dez da noite, quase onze, papeando sobre sua infância e filmes favoritos com rapazes pobres e estranhos e metidos a escritor. Ela ri."

  Gabito Nunes 

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall