quinta-feira, 2 de maio de 2013

" Preciso de alguém que permaneça. Que fique. Que aguente. Isso, amor… Que aguente a minha intensidade, que pule dos mais altos prédios comigo. Alguém que segure minha mão durante a queda, e no final do abismo, continue junto a mim. "

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall