quinta-feira, 30 de maio de 2013

"Sei lá, eu também não entendi nada. Ele é bem o tipo que eu gosto. Eu tive vontade de dormir no peito dele, em cima da camisa ridícula dele."

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall