quinta-feira, 25 de julho de 2013

De todos os tipos de pessoas que conheci e passaram pela minha vida, eu sempre gostei mais daquelas que sabem nos tocar sem nem precisar encostar um dedo. Das que entram inteiras quando a gente já se acostumou com metades.
Camila Costa.

Um comentário

© adorável psicose
Maira Gall