segunda-feira, 8 de julho de 2013

Não se mate Carlos, o amor é isso mesmo que você está vendo: hoje beija, amanhã não beija, depois de amanhã é domingo e segunda-feira ninguém sabe o que será.
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, NÃO SE MATE.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall