segunda-feira, 29 de abril de 2013




"Que fiz de bem ou mal
Pelos caminhos que andei?

  Mario Quintana 


Eu morri no céu da tua boca. No céu da tua solidão."
Floresinexatas  


Por razões que desconheço, nossas aproximações foram sempre pela metade. Interrompidas. Um passo para a frente e cem para trás. Retrocessos. Descaminhos. E me pergunto se, quem sabe um dia, na hora certa, nosso encontro pode acontecer inteiro."
- Caio Fernando Abreu

E a palavra fuga volta a ficar bonita. E se parece com solução.

quinta-feira, 25 de abril de 2013



Nossa ideologia é rir pra não chorar.

terça-feira, 23 de abril de 2013




Só quem arrepia cada centímetro do seu corpo e faz você sentir o sangue bombear num ritmo charmoso, é capaz de estragar o mundo quando parte.
TATI BERNARDI. 


Hoje, depois de ter dito muita coisa que magoou muita gente e ter ouvido muita coisa que me magoou, eu penso antes de falar. Eu respiro fundo e conto até cem mil se precisar. A palavra dita não tem volta. A ferida que ela causa dói muito.


domingo, 21 de abril de 2013


Tudo é questão de obedecer ao instinto que o coração ensina ter, ensina ter. Correr o risco, apostar num sonho de amor. O resto é sorte e azar. Tudo é questão de não se negar nada, a nenhuma força que dê luz, que dê luz. Seja de Deus ou de Diabo, se for claro é só pagar pra ver, é só pagar pra ver. E se por acaso doer demais é porque valeu. É porque valeu, é porque valeu…"
- Cazuza.  



"Amar é querer estar perto, se longe.
E mais perto, se perto."
- Vinícius de Moraes.


"Seja capaz de amar meus erros e remoê-los e remontá-los e revivê-los. Seja capaz de pedir perdão e me amar mesmo que tudo desabe em cima de nós. Amor, baby, eu falo de amor."
- Floresinexatas



"Por razões que desconheço, nossas aproximações foram sempre pela metade. Interrompidas. Um passo para a frente e cem para trás. Retrocessos. Descaminhos. E me pergunto se, quem sabe um dia, na hora certa, nosso encontro pode acontecer inteiro."
- Caio Fernando Abreu.


segunda-feira, 15 de abril de 2013



"Minha vó sempre disse que quando uma pessoa vale realmente a pena, temos que cuidar dela. E para cuidar mesmo, precisamos nos entregar por completo. Dar atenção, perguntar como se sente e aconselhar a fazer o bem. O cuidado vai além da proteção, tem que cuidar, principalmente, do coração de quem se ama."

  Mylena Andrade, carestia


"Ele é cheio de garotas e pela primeira vez na vida sorri ao pensar isso. Tá certo ele. Bonitão, rico, engraçado e safado. Que mulher não se apaixona por ele? Eu. Eu não me apaixono mais por ele. O que significa que agora podemos nos relacionar. O que significa que agora, posso ficar tranquilamente ao lado dele sem odiar meu cabelo e minha bunda e minha loucura. E posso vê-lo literalmente duas vezes ao ano, sem achar que duas vezes na semana são duas vezes ao ano. E posso vê-lo ir embora, sem me desmanchar ou querer abraçar meu porteiro e chorar. Consigo até dar tchauzinho do portão. Tchau, vou comer um pedaço de torta de nozes e assoviar. Tchau, querido mais um ser humano do planeta."

  Tati Bernardi 



"É, morena, tá tudo bem, sereno é quem tem…. a paz de estar em paz, com Deus. Pode rir agora que o fio da maldade se enrola. Pra nós, todo amor do mundo."

Los Hermanos.


"Eu não tenho paredes. Eu só tenho horizontes."

Mario Quintana. 


"Às vezes é preciso diminuir a barulheira, parar de fazer perguntas, parar de imaginar respostas, aquietar um pouco a vida para simplesmente deixar o coração nos contar o que sabe."

Ana Jácomo.


“O coração, se pudesse pensar, pararia.”

Fernando Pessoa



"A vida é assim: esquenta e esfria, aperta daí afrouxa, sossega depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem."

Guimarães Rosa.


"Dançar de rosto colado, pegar na mão à meia-luz, desenhar com a ponta dos dedos cada um dos teus traços, ficar de olho molhado só de te ver, te expulsar de casa e te pedir pra voltar."

Caio Fernando Abreu.


"Não tem poesia, nem palavra difícil e nem construção sofisticada. O amor é simples como sorrir numa droga de fila. E não se sentir mais sozinho e nem esperando e nem desesperado e nem morrendo e nem com tanto medo."

Tati Bernardi.

quinta-feira, 11 de abril de 2013


“Quando você fica ao lado de uma pessoa bonita, você não se torna mais bonito por isso. Quando você fica ao lado de uma pessoa rica, você não fica mais rico por isso. Agora, quando você fica ao lado de uma pessoa feliz, isso é contagiante. A felicidade contagia nosso coração.”
— Nanda, Big Brother Brasil.

“Acredito nas voltas do mundo, nas surpresas que nos aguardam, na velocidade das mudanças.”

— Martha Medeiros.



Eu não ligava para muitas coisas. Eu nunca ligo. Ou eu amo ou eu desconheço. Você pode fazer uma festa na minha frente, mas se não morar no meu coração, eu não vou enxergar.”

— Camila Costa.


“Acredito que existem fases, ciclos, começos, recomeços. E acho que estou bem no meio de um deles.”

— Clarissa Corrêa.

“Em tempos que ninguém tem mais tempo, que nada interessa, que nada se percebe e pouco se importa, agradeço aqueles que ainda percebem nossas dúvidas, suspeitas, sentimentos, estares, e ainda gastam um momento com a gente. É bom saber que existem aqueles que ainda insistem apesar de um “estou bem”.”

— Sean Wilhelm.


“Eu não aceito receber pouca coisa. Não quero um cara que não me queira. Não quero alguém sempre ocupado. Não quero uma pessoa que promete uma coisa e não faz. Não quero não receber atenção. Não quero alguém que me trata como um acessório. Não quero uma pessoa que me liga por falta de opção. Quero ser a primeira opção sempre. Quero ser importante para a outra pessoa. E, olha, a gente sente quando é importante, essencial.”

— Clarissa Corrêa.

“Por isso, sou a favor do jogo limpo. Se uma coisa te feriu e te machucou, diz. Se uma coisa ficou entalada na garganta, cospe. Se uma coisa tá incomodando, tá te apertando, tira. A vida fica mais simples assim.”

— Clarissa Corrêa.

“Mãe lê pensamentos, tem premonição, sonhos estranhos. Conhece cada choro, de gripe, de medo, entra sem bater, liga de madrugada, pede favor chato, palpita e implica com amigos, namorados, escolhas. Mãe dá roupa do corpo, tempo, dinheiro, conselho, cuidado, proteção. Mãe dá um jeito, dá nó, dá bronca, dá força. Mãe cura cólica, porre, tristeza, pânico noturno, medos. Espanta monstros, perigos. Mãe tem intuição e é messiânica: mãe salva. Mãe guarda tesouros, conta histórias e tem lembranças. Mãe é arquivo! Mãe exagera, exaure, extrapola. Mãe transborda, inunda, transcende.”

Autor Desconhecido

 Pra falar verdade, às vezes minto tentando ser metade do inteiro que eu sinto, pra dizer as vezes que às vezes não digo. Sou capaz de fazer da minha briga meu abrigo. Tanto faz não satisfaz o que preciso. Além do mais, quem busca nunca é indeciso; eu busquei quem sou; você, pra mim, mostrou que eu não sou sozinha nesse mundo. Cuida de mim enquanto não esqueço de você. Cuida de mim enquanto finjo que sou quem eu queria ser. Basta as penas que eu mesma sinto de mim, junto todas, crio asas, viro querubim. Sou da cor, do tom, sabor e som que quiser ouvir. Sou calor, clarão e escuridão que te faz dormir. Quero mais, quero a paz que me prometeu. Volto atrás, se voltar atrás assim como eu.


— O Teatro Mágico. 

“Que a gente siga cultivando um pouco da pureza, inocência e confiança que a gente tinha aos 8 anos, coisas que acabam se perdendo com a brutalidade do cotidiano. Se eu não sinto saudade da infância, é porque essa inocência de certa forma ainda preservo, porque sem ela ficamos muito ásperos em relação a tudo. Então, sigamos inocentes, mas sem deixar de curtir a magnitude de ser gente grande.”

— Martha Medeiros.

“Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus. Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim.”

— Charles Chaplin.

“Se eu posso, eu ajudo. Se eu não posso, eu tento. É assim que funciono. Se gosto de você de graça vou ter o maior prazer em te ajudar. Mas se não vou com a sua cara jamais me aproximarei de você por interesse.”

— Clarissa Corrêa.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Ele pode estar olhando tuas fotos neste exato momento. Por que não? Passou-se muito tempo, detalhes se perderam. E daí? Pode ser que ele faça as mesmas coisas que você faz escondida, sem deixar rastro nem pistas. Talvez, ele passa a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram teus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você. Todos os dias. E, ainda assim, preferir o silêncio.

Caio Fernando Abreu.


© adorável psicose
Maira Gall