quinta-feira, 27 de junho de 2013

Economizar amor é avareza. Coisa de quem funciona na frequência da escassez. De quem tem medo de gastar sentimento e lhe faltar depois. É terrível viver contando moedinhas de afeto. Há amor suficiente. Há amor para todo mundo. Há amor para quem quer se conectar com ele. Não perdemos quando damos: ganhamos junto.
— Ana Jácomo. 


Uns vem pra te ver cair, outros vem te levantar.
— Projota.


terça-feira, 25 de junho de 2013

Let Her Go
Well you only need the light when it’s burning low
Only miss the sun when it’s starts to snow
Only know your love her when you let her go
Only know you’ve been high when you’re feeling low
Only hate the road when you’re missin’ home
Only know your love her when you’ve let her go
And you let her go

.....

Deixou-a Ir
Bem, você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixa
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixa
E você a deixou

POUCO APAIXONADA POR ESSA MÚSICA <3

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Na fé, eu sou capaz de me dizer, com amorosa humildade, que grande parte das vezes eu não sei o que é melhor pra mim. Eu não sei, mas Deus sabe. Eu não sei, mas minha alma sabe. Então, faço o que me cabe e entrego, mesmo quando, por força do hábito, eu ainda dê uma piscadinha pra Deus e lhe diga: Tomara que as nossas vontades coincidam. 
(Caio Fernando Abreu)


E me dei conta que não importa da onde você é, em que país vive, qual educação recebeu, o que faz, o que pretende, quanto tem no banco, se é bonito ou feio. O que vale é o que a gente carrega no peito.
(Clarissa Corrêa)

Eu descobri que vale a pena ficar três horas te olhando sentada num sofá mesmo que o dia esteja explodindo lá fora.
(Tati Bernardi)

É aquela vontade danada de andar de mãos dadas durante o dia e de pés dados durante a noite.
(Fabrício Carpinejar)

Todo mundo tem suas carências, todo mundo é humano, todo mundo sente! Uns sentem mais, outros menos, alguns quase nada, mas sentem! Podem adorar ser livre de noite na balada, no barzinho com os amigos, mas pelo menos antes de dormir ser livre pesa.
(Tati Bernardi)

Tomara que a tristeza te convença, que a saudade não compensa e que a ausência não dá paz.
(Vinícius de Moraes)

O que passou, calou. O que virá, dirá!
(Marisa Monte)

Você não sabe. Você nunca sabe. Mas você arrisca mesmo assim. Certeza é para gente que não ama o suficiente.
(Imagine Eu e Você

Sorriso custa menos que eletricidade e dá mais luz.
(Provérbio Escocês)


Não confie na frase de sua avó, de sua mãe, de sua irmã de que um dia encontrará um homem que você merece. Não existe justiça no amor. O amor não é democrático, não é optar e gostar, não é promoção, não é prêmio de bom comportamento. Amor é engolir de volta os conselhos dados às amigas. Não se apaixonará pela pessoa ideal, mas por aquela que não conseguirá se separar. A convivência é apenas o fracasso da despedida. O beijo é apenas a incompetência do aceno. Amor é uma injustiça, minha filha. Uma monstruosidade. Você mentirá várias vezes que nunca amará ele de novo e sempre amará, absolutamente porque não tem nenhum controle sobre o amor.
(Fabrício Carpinejar)

Você me deu todos os motivos para desistir. Eu te darei todos os motivos para se arrepender.
(Tati Bernardi)


Os cegamente apaixonados que me perdoem, mas amor próprio é fundamental!
(Clarice Lispector)

E apesar de muitos nos quererem sorrindo, eu gosto muito dos que nos aceitam chorando.
(Camila Costa)

A covardia coloca a questão: É seguro? O comodismo coloca a questão: É popular? A etiqueta coloca a questão: É elegante? Mas a consciência coloca a questão: É correto? E chega uma altura em que temos de tomar uma posição que não é segura, não é elegante, não é popular, mas o temos de fazer porque a nossa consciência nos diz que é essa a atitude correta.
(Martin Luther King)

É aí onde muitos se enganam. Você não precisa fazer as piores coisas do mundo e se esconder atrás da frase “estou fazendo história para contar para os meus filhos”. Aposto que seus filhos vão se orgulhar muito mais de você sabendo que você foi bom e fez o melhor sempre que pôde.
(Cartas para Juliana)


"Tristeza é quando chove, quando está calor demais. Quando o corpo dói e os olhos pesam… Tristeza é quando se dorme pouco, quando a voz sai fraca, quando as palavras cessam e o corpo desobedece. Tristeza é quando não se acha graça, quando não se sente fome, quando qualquer bobagem nos faz chorar."
— Martha Medeiros


"Não acredito em almas gêmeas ou frutas pela metade, mas eu acho que a gente se pertence, de alguma forma."
— Gabito Nunes

“É raro encontrar alguém que vê além das nuvens, que se senta no meio do nada pra caçar estrelas e trocar ideias com a lua. Há pouco azul na cidade, ninguém dá mais bola para o firmamento, estão todos vivendo sem perceber os prédios se erguendo na volta e engolindo nossa capacidade de reparar nos detalhes.” Gabito Nunes 


“É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonhos porque um deles não se realizou, perder a fé em todas as orações porque em uma não foi atendido, desistir de todos os esforços porque um deles fracassou. É loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu, descrer de todo amor porque um deles te foi infiel. É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo. Espero que na tua caminhada não cometas estas loucuras. Lembrando que sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim, um recomeço.”(O Pequeno Príncipe)

Tem coisa mais autodestrutiva do que insistir?

sábado, 22 de junho de 2013




''Não permita ao coração arder pelo que já passou.'' - Épico Ramayana

quinta-feira, 20 de junho de 2013








"Eu gosto da linha reta cinza no seu joelho quando você coloca a calça de moletom leve. É ali que você deposita o pedaço esquerdo do seu queixo pra descansar o pensamento num gesto mais antigo. Eu gosto como as sobrancelhas tentam, apesar do momento garoto, voltar à posição ereta de quem já sabe alguma coisa. Então fica a briga do peito sobre a perna e da sobrancelha sob o mundo. No meio de tudo isso você me olha reto, direto, verde, largo. Eu chamo de azul e você briga comigo. Eu gosto das possibilidades da sua testa. Quando seu cabelo sujou um pouco, no fim do dia, e fica um topete meio duro pra cima. E dai você é um elevador de pensamentos que cutucam como lanças de brinquedo, a voz meio abafada querendo controlar alguma sinceridade muito alta. Sua loucura chega em frases muito curtas e com a desculpa de ser uma graça. Logo depois é como o calor que cessa no fim de tarde. O banho derruba a poeira do seu dia e agora a franja fica mais próxima dos seus olhos. Você é bonito demais para alguém que pensa tanto e é quase injusto pro mundo existir alguém com tanto das duas coisas que só se tem muito de uma só. Eu gosto de olhar sua mão enorme e pensar que você poderia me tocar mesmo que eu tivesse num quarto só meu e bem longe de um quarto só seu. O tamanho da sua mão viola meu espaço com respeito.Eu gosto das quatro manchas vermelhas que eu deixo no seu pescoço só porque encostei o lábio. Eu gosto da sua falta de mira pra sujar a minha barriga. Eu gosto da linha infinita que vai de uma ponta de ombro até a outra ponta. Eu gosto da linha infinita que vai do seu calcanhar até o osso da bacia. Seu rascunho é o desenho de um estilista gay desejando uma mulher. Eu gosto quando você lá das alturas me abraça e parece pequeno. Eu pergunto o que é isso que deixa seu rosto tão interessante e você explica que é mistura de italiano com gente do mato. Não tem nada de alemão? Você ri. Você sempre ri quando me aproximo demais de algo que talvez nem exista. E logo depois fala algo bem íntimo que nem era a hora. Eu gosto que você se esconde na esquina entre meu olho e meu nariz e o seu mistério não me dá aquele medo errado. Eu gosto que todas as suas roupas são azuis mesmo não sendo. Eu gosto do seu armário de madeira que não é madeira e que combina com a escrivaninha e com a cabeceira da cama. Eu gosto do seu travesseiro com um desenhinho. Eu gosto da palma do seu pé e sei que essa frase está errada. Eu gosto que o lábio inferior desaparece um pouco quando você diz uma ironia ou quando acha que é gostoso. Eu gosto que você explode sem perder um ponto sereno e intocável nos olhos, como se nada estivesse acontecendo. Eu gosto que quando nada está acontecendo seus olhos não perdem um brilho de dor. Eu gosto que você não sabe se sabe cuidar mas queria ajudar a menina passando mal no avião.Tem dez minutos que acordei e já gostei de você um milhão de vezes hoje. Eu gosto que você é um começo daquele tipo de flor que dispara em mim o regador assassino de um milhão de gotas d’água. Mas eu gosto mais ainda de um arco-íris pixelado que me cumprimenta discretamente da janela, como se existisse a esperança de uma planta esperta que não fica propositalmente distraída, de boca aberta, pra ser cúmplice do meu medo."
- Centímetro por Tati Bernardi.



“Enlouquecer é uma arte”
E o teu amor me fez artista.


segunda-feira, 17 de junho de 2013






Não morro de amores por pessoas sem mistério, quando se é muito transparente, muito risonho e educado é raro ser levado a sério. Prefiro os mais silenciosos, os que abrem a boca de menos, os mais serenos e mais perigosos. Aqueles que ninguém define e que sempre analisam os fatos por um novo enfoque. Prefiro os que têm estoque aos que deixam tudo à mostra na vitrine."
- Martha Medeiros.

"E de repente, eu me vi assim, completamente seu, vi a minha força amarrada no seu passo, vi que sem você não há caminho, eu não me acho, vi um grão de amor gritar dentro de mim como sonhei um dia. Quando o meu mundo era mais mundo e todo mundo admitia. Uma mudança muito estranha, mais pureza, mais carinho, mais calma, mais alegria no meu jeito de me dá, quando a canção se fez mais clara e mais sentida, quando a poesia realmente fez folia em minha vida, você veio me falar dessa paixão inesperada por outra pessoa. Mas não tem revolta não, quero que você se encontre, saudade até que é bom, melhor que caminhar vazio… Amanhã será um novo dia e certamente eu serei mais feliz."
- Caetano Veloso, Sonhos.

"Se você me amar e eu te amar, não precisamos da aprovação de ninguém para ficar juntos, como também não precisamos assinar nenhum papel ou aceitar qualquer espécie de jogo."
- Caio Fernando Abreu.


© adorável psicose
Maira Gall