sábado, 14 de junho de 2014

Menino: — Esse cavalo cor-de-mel de que você às vezes fala, esse cavalo existe?
Pai: — Tudo existe. Tudo o que a gente inventa existe, se a gente quer, existe lá no seu mundo, do seu jeito.
(Lya Luft)

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall