sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O pior inimigo, todavia, que poderás encontrar, és tu mesmo. Nas cavernas e nos bosques, és tu que espreitas a ti mesmo. Solitário, tu segues o caminho que te conduz a ti mesmo! E por teu caminho desfilam diante de ti tu mesmo e teus sete demônios. Serás herege para ti mesmo, serás feiticeiro, adivinho, doido, incrédulo, ímpio e malvado. É preciso que sintas a necessidade de consumir-te em tua própria chama. Como quererias renascer sem primeiro te reduzires a cinzas? Solitário, tu segues o caminho do criador. Queres criar um deus de teus sete demônios! Solitário, tu segues o caminho daqueles que amam.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall