terça-feira, 5 de maio de 2015

Desde criança tive a tendência para criar em meu torno um mundo fictício, de me cercar de amigos e conhecidos que nunca existiram. Não sei, bem entendido, se realmente não existiram, ou se sou eu que não existo.
Fernando Pessoa

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall