quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Se sentissem eles não falariam ;

Falam de tudo. Da moral, do comportamento, dos sentimentos, das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros, das criancices, ranzinzisses, chatices, mesmices, grandezas, feitos, espantos. Sobretudo falam do comportamento e falam porque supõem saber. Mas não sabem, porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente. Se sentissem, não falariam.

Nelson Rodrigues

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall