quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Por que eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Por que eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall