Pular para o conteúdo principal
Você cresce não tem mais bochechas fofas, não é mais a queridinha da vovó, não é mais a princesinha do papai e até o pobre do bicho papão te abandona; você perde os amigos imaginários, não vive mais cercada de pessoas que sorriem pra ti, que querem te mimar e fazer tuas vontades; você não pode mais simplesmente chorar pra não ir à escola, não pode mais morder as professoras quando se irrita e nem ser mal educada e dar desculpas de que é muito criança pra entender que certas palavras magoam; ninguém mais limpa suas lágrimas e te põe pra dormir dando beijinho na testa; você perde todas as regalias e passa a ser responsável pelo que cativou; você cresce, você ERRA, você APRENDE, você GANHA, e você PERDE. — Mrs-Fucker

Postagens mais visitadas deste blog

Era uma vez, mas eu me lembro como se fosse agora. Eu queria ser trapezista, minha paixão era o trapézio. Me atirava do alto na certeza que alguém segurava-me as mãos não me deixando cair. Era lindo , mas eu morria de medo , tinha medo de tudo quase: Cinema, parque de diversão, de circo, ciganos, aquela gente encantada que chegava e seguia. Era disso que eu tinha medo do que não ficava para sempre. Antônio Bivar

Só encontro você

Eu exagero nas palavras, mas nos meus versos eu só encontro você.