Pular para o conteúdo principal

Gabrielle Aplin - Home


Lar


Eu sou uma fênix na água
Um peixe que aprendeu a voar
E eu sempre fui uma filha
Mas que as penas foram feitas para o céu
Então eu estou desejando, desejando além
Pela empolgação de chegar
É apenas que eu prefiro estar causando o caos
Que vivendo na ponta afiada dessa faca



Com cada pequeno desastre
Eu vou deixar as águas paradas
Me levando para algum lugar real
Porque dizem que lar é onde seu coração está gravado na pedra
É onde você vai quando está sozinho
É onde você vai para descansar seus ossos
Não é apenas onde você deita sua cabeça
Não é apenas onde você faz sua cama


Enquanto nós estivermos juntos, realmente importa pra onde vamos?


Lar...Lar


Então quando eu estiver pronta para ser corajosa,
E minhas feridas curarem com o tempo
Conforto irá descansar em meus ombros
E vou enterrar meu futuro para trás
Eu sempre vou guardar você comigo
Você sempre estará em minha mente
Mas há um brilho nas sombras
Eu nunca saberei se não tentar


Com cada pequeno desastre
Eu vou deixar as águas paradas
Me levando para algum lugar real
Porque dizem que lar é onde seu coração está gravado na pedra
É onde você vai quando está sozinho
É onde você vai para descansar seus ossos
Não é apenas onde você deita sua cabeça
Não é apenas onde você faz sua cama
Enquanto nós estivermos juntos, realmente importa pra onde vamos?


Lar...Lar


Porque dizem que lar é onde seu coração está gravado na pedra
É onde você vai quando está sozinho
É onde você vai para descansar seus ossos
Não é apenas onde você deita sua cabeça
Não é apenas onde você faz sua cama
Enquanto nós estivermos juntos, realmente importa pra onde vamos?

Postagens mais visitadas deste blog

Era uma vez, mas eu me lembro como se fosse agora. Eu queria ser trapezista, minha paixão era o trapézio. Me atirava do alto na certeza que alguém segurava-me as mãos não me deixando cair. Era lindo , mas eu morria de medo , tinha medo de tudo quase: Cinema, parque de diversão, de circo, ciganos, aquela gente encantada que chegava e seguia. Era disso que eu tinha medo do que não ficava para sempre. Antônio Bivar

Só encontro você

Eu exagero nas palavras, mas nos meus versos eu só encontro você.