terça-feira, 28 de agosto de 2012


Defina amor
Abstrato. Não se toca, não se vê, só… se sente.
— Clara Brandão 

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall