domingo, 21 de outubro de 2012


"Eu sou o que sobrou daquilo que não existe mais."
- Bárbara Matoso, Se é que você me entende.  

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall