quarta-feira, 3 de outubro de 2012


O nariz dele é meu.
O Sorriso dele é meu.
A voz dele é só pra eu ouvir.
O abraço dele é meu.
O cabelo bagunçado dele é pra mim.
A barba dele é pra roçar no meu rosto.
Ele é meu. Sai.
— Pequeno Romeu

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall