quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Eu nunca deixo mesmo claro o que eu tô sentindo. E fica parecendo que eu não sinto. Mas é incrivelmente triste quando desistem do meu mistério. — Verônica Heiss

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall