quinta-feira, 23 de maio de 2013

Que me perdoem o linguajar, mas que vidinha filha da puta. Tudo bem, a vida é linda e essas coisas boas, mas tem dia que ela faz a gente de palhaço. E a gente acaba sendo.

por Alugue Felicidade.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall