segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015



“E para os amores impossíveis, tempo.”

Fernando Veríssimo

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall