segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Ela: - Sua nova namorada é bonita. (“Aposto que ela roubou seu coração”)
Ele: - Sim, ela é. (“Mas você continua sendo a garota mais bonita que eu conheço”)
Ela: - Ouvi dizer que ela é engraçada e surpreendente. (“Todas as coisas que eu não era”)
Ele: - Certeza, ela é. (“Mas ela não é nada comparado a você”)
Ela: - Eu aposto que você sabe tudo sobre ela. (“Da mesma forma que você sabia tudo sobre mim”)
Ele: - Só as coisas que contam. (“Não me lembro o que ela diz quando eu penso em você”)
Ela: - Bem, eu tenho que ir. (“Antes que eu começar a chorar”)
Ele: - Sim, eu também. (“Espero que você não chore”)
Ela: - Tchau. (“Eu ainda te amo”)
Ele: - Até mais. (“Nunca parei”)

Nenhum comentário

Postar um comentário

© adorável psicose
Maira Gall