Pular para o conteúdo principal
“Isso acontece com todos os contos de fadas. Acabam. E, geral, com uma frase no mínimo fantasiosa, para não dizer mentirosa em grande parte dos casos: ‘E viveram felizes para sempre’. O que vai ser dessa história aqui fora não é da conta de ninguém. Mesmo porque vocês não sabem nem podem saber, é cedo e inútil ficar imaginando se há amor depois de um tempo.”

— Pedro Bial.

Postagens mais visitadas deste blog

Era uma vez, mas eu me lembro como se fosse agora. Eu queria ser trapezista, minha paixão era o trapézio. Me atirava do alto na certeza que alguém segurava-me as mãos não me deixando cair. Era lindo , mas eu morria de medo , tinha medo de tudo quase: Cinema, parque de diversão, de circo, ciganos, aquela gente encantada que chegava e seguia. Era disso que eu tinha medo do que não ficava para sempre. Antônio Bivar

Só encontro você

Eu exagero nas palavras, mas nos meus versos eu só encontro você.