Pular para o conteúdo principal
"E de repente, eu me vi assim, completamente seu, vi a minha força amarrada no seu passo, vi que sem você não há caminho, eu não me acho, vi um grão de amor gritar dentro de mim como sonhei um dia. Quando o meu mundo era mais mundo e todo mundo admitia. Uma mudança muito estranha, mais pureza, mais carinho, mais calma, mais alegria no meu jeito de me dá, quando a canção se fez mais clara e mais sentida, quando a poesia realmente fez folia em minha vida, você veio me falar dessa paixão inesperada por outra pessoa. Mas não tem revolta não, quero que você se encontre, saudade até que é bom, melhor que caminhar vazio… Amanhã será um novo dia e certamente eu serei mais feliz."
- Caetano Veloso, Sonhos.

Postagens mais visitadas deste blog

Era uma vez, mas eu me lembro como se fosse agora. Eu queria ser trapezista, minha paixão era o trapézio. Me atirava do alto na certeza que alguém segurava-me as mãos não me deixando cair. Era lindo , mas eu morria de medo , tinha medo de tudo quase: Cinema, parque de diversão, de circo, ciganos, aquela gente encantada que chegava e seguia. Era disso que eu tinha medo do que não ficava para sempre. Antônio Bivar

Só encontro você

Eu exagero nas palavras, mas nos meus versos eu só encontro você.