Pular para o conteúdo principal

" Eu nunca prestei atenção em aula de filosofia, mas meu professor estava comentando alguma coisa que eu parei tudo o que estava fazendo pra ouvir o que ele tinha pra dizer. Ele velho, cansado e muito vivido. Olhou pra sala toda, deu uma pausa e disse: Quando você ama, você não usa a razão. O sentimento simplesmente fluí dentro de você. E quando você quer esquecer alguém, você também não usa a razão. O sentimento simplesmente sai de você sem que você faça esforço algum. E depois ele completou: Não adianta mesmo tentar tirar um sentimento de você a força, as coisas acontecem naturalmente, no seu devido tempo. 

Postagens mais visitadas deste blog

Era uma vez, mas eu me lembro como se fosse agora. Eu queria ser trapezista, minha paixão era o trapézio. Me atirava do alto na certeza que alguém segurava-me as mãos não me deixando cair. Era lindo , mas eu morria de medo , tinha medo de tudo quase: Cinema, parque de diversão, de circo, ciganos, aquela gente encantada que chegava e seguia. Era disso que eu tinha medo do que não ficava para sempre. Antônio Bivar

Só encontro você

Eu exagero nas palavras, mas nos meus versos eu só encontro você.